O Laboratório de Ficologia do Departamento de Botânica (DB) da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) realiza estudos ecológicos sobre microalgas de águas doces, buscando a conservação da diversidade de espécies e a utilização destes recursos em benefício da sociedade.

Cerca de 700 cepas de microalgas isoladas de ecossistemas aquáticos brasileiros são mantidas metabolicamente ativas (incluindo cepas axênicas) e algumas também criopreservadas. 

Muitas das cepas foram isoladas nas 22 Unidades de Gerenciamento de Recursos Hídricos do Estado de São Paulo (UGRHI-SP) em projeto anterior (FAPESP 2011/50054-4). O projeto possibilitou também pesquisas para manutenção de um banco de germoplasma para a criopreservação da coleção. Atualmente são mantidas as pesquisas para criopreservação da coleção.

Encontra-se em andamento um projeto (CNPq 427777/2018-6) que visa estudar a delimitação de espécies em microalgas para que possamos entender a diversidade genética, ecológica e fisiológica desses microrganismos a fim de melhor conservar sua biodiversidade.

O laboratório de Ficologia da UFSCar conta também com projeto de Extensão Universitária para fornecimento de cepas de microalgas para ensino e pesquisa.

FaLang translation system by Faboba